Três doenças que atacam cachorros e gatos

Quem tem um cachorro ou um gato sabe como é difícil entender e detectar a doença exata. Existem três doenças que atacam cachorros e gatos e que podem ser detectadas pela observação de alguns sintomas: depressão, alergia alimentar e Erlichiose (doença do carrapato). Confira um pouco sobre cada uma delas.

DEPRESSÃO:

É mais comum em cachorros, mas os gatos, principalmente mais velhos, podem também ter momentos depressivos. Possivelmente, causado por mudanças bruscas ou perdas repentinas.

 SINTOMAS: olhar perdido, olhar caído, olhar triste, pouco disposição para brincar, expressão de busca de algo que não encontra.

CONSEQUÊNCIA: perda de apetite, emagrecimento e outras doenças.

CUIDADO: Levar para passeios ou mais momentos de brincadeiras com donos ou outros animais. Pois o exercício despertará neurotransmissores que ajudarão a melhorar a relação consigo mesmo e com o ambiente.

ERLICHIOSE (DOENÇA DO CARRAPATO)

Esse é um problema que sempre temos que está de olho, porque carrapatos gostam de se instalar em cachorros, raramente em gatos, mas pode acontecer. O problema é que eles podem estar contaminados pela bactéria do gênero erlichia e que pode trazer algumas graves consequências.

SINTOMAS: pouco ou nenhuma disposição para brincar, depressão, perda de apetite, apatia, vômito, febre, feridas abertas, hemorragia e até a morte, devido a anemia.

CONSEQUÊNCIA: emagrecimento, hemorragia e até a morte, devido a anemia e outras doenças.

CUIDADO: Levar ao veterinário imediatamente, será preciso exames de laboratório para constatação. A partir deste diagnóstico, remédios e procedimentos alimentares serão necessários.

ALERGIA ALIMENTAR:

Esse é um problema muito comum, infelizmente, pelo desconhecimento do mundo animal que é diferente do universo humano, especialmente, quando se fala de seu organismo.

SINTOMAS: Perda de apetite, vômitos, diarreia, erupções cutâneas, comportamento estranho, podendo ser de moleza ou agressivo, babas.

CONSEQUÊNCIA: emagrecimento, hemorragia e até a morte.

CUIDADOS: Sempre levar ao veterinário. Porém, é importante evitar dá comida com condimentos, corantes e conservantes humanos. Os principais produtos estão: cerveja, chocolates e algumas carnes condimentadas. Os animais possuem alimentos que lhes são adequados, estão são estes que devem comer para uma boa nutrição. Caso seja a ração, é bom observar os componentes da industrialização, quem sabe optar por rações naturais, existem várias no mercado.

Faça um comentário
Gigliola Sena

Gigliola Sena

Jornalista, especialista em marketing educacional e mestranda em educação. Nada a ver com animais nos estudos e tudo a ver na vida. Tem um casal de pastores-alemãs e ama muito essas fofurinhas.